Blog do escritor Ferréz

Minha velha Olivetti

Hoje peguei minha velha Olivetti, ganhei do meu pai aos 12 anos, só tenho um diploma até hoje o de datilografia.
Batendo firme nessas teclas escrevi Capão Pecado, com elas firmei o propósito de saber falar por um povo sem espaço nos meios de comunicação, a não ser quando são ridicularizados.
Com esse exercício mentalizei o compromisso de ser o certo pelo certo, admito, que hoje é mais difícil.
Os valores estão cada dia mais escassos, ontem um menino de 10 chamou uma menina de 8 de gostosa na minha frente, em seguida mandou um palvrão, na frente dos pais, num parquinho.
Como datilógrafo eu retruquei, um pai achou ruim.
- Com meu filho ninguém fala nada além de mim.
Outro menino do lado com uns 8 anos, começou a recitar um funk pornográfico para provocar, o palavrão era o mesmo, tudo normal, menos o que eu sentia.
Sai, e peguei minha velha Olivetti de novo, com ela corrijo o mundo, com ela não faço o exercício como nas academias cheias de vaidade, mas exercito um direito, o de fazer o mundo a meu modo.
Enquanto tiver força nesses dedos não desisto.

Ferréz

8 comentários:

aerFDFSDF disse...

Ferrez, você é exemplo pro povo da quebrada! Espero um dia te conhecer e reforçar a sua luta. Obrigado!

Unknown disse...

Boa tarde.
Estou tendo bastante dificuldades para adquirir o livro "manual prático do ódio".
O que devo fazer??????

Lorenna Bitencourt disse...

Parabéns pelo seu trabalho, senti uma imensurável alegria, quando li um texto no blog outras palavras que relatavam sobre seu trabalho com a literatura. Motivação foi uma das coisas que senti também, e uma esperança de que a realidade poderá ainda ser totalmente mudada. Agora você terá uma nova leitora assídua!

Patricia disse...

Compartilho desse seu sentimento, escrevo, nao como você porque as minhas vivências sao outras porém, através das palavras e do dialogo acredito que possamos tornar a vida um pouco melhor, para todos.

Patricia disse...

Compartilho desse seu sentimento, escrevo, nao como você porque as minhas vivências sao outras porém, através das palavras e do dialogo acredito que possamos tornar a vida um pouco melhor, para todos.

alef dias disse...

vc e outros malucos mudaram o meu mundo para melhor,por causa de vc voltei a acreditar na literatura e vi q ela tem muito para nos oferecer,valew eh nois

alef dias disse...

vc e outros malucos mudaram o meu mundo para melhor,por causa de vc voltei a acreditar na literatura e vi q ela tem muito para nos oferecer,valew eh nois

alef dias disse...

vc e outros malucos mudaram o meu mundo para melhor,por causa de vc voltei a acreditar na literatura e vi q ela tem muito para nos oferecer,valew eh nois