Blog do escritor Ferréz

O monstro acordou

Nas últimas duas semanas a juventude de São Paulo e outras capitais brasileiras têm ido massivamente às ruas contra o aumento das tarifas do transporte público. Além de caro, o transporte é de péssima qualidade e mal planejado. O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e o Movimento Periferia Ativa estiveram solidários a estas manifestações, organizadas pelo Movimento Passe Livre. Com a dimensão tomada pelas mobilizações nos últimos dias e iniciativas de criminalização por parte dos Governos (municipal, estadual e federal) entendemos que é necessário o envolvimento ativo nas mobilizações, tanto na defesa da imediata redução das tarifas do transporte, quanto por outras demandas urgentes dos trabalhadores da periferia. Por isso, durante esta semana organizaremos manifestações e bloqueios em várias partes da periferia de São Paulo. Em defesa dos direitos do povo trabalhador e contra a repressão e criminalização das lutas. Estaremos nas ruas exigindo: - Revogação imediata do aumento das tarifas de ônibus (municipal e intermunicipais) e metrô em São Paulo. - Medidas do Governo de controle sobre o valor dos aluguéis. - Contra a repressão às mobilizações pela redução da tarifa, de questionamento à Copa do Mundo e todas as lutas populares. AGORA A PERIFERIA DE SÃO PAULO VAI PARAR!

9 comentários:

Luís Fernando Silva disse...

É preciso que a população peça a estatização dos serviços de transporte, da saúde, educação, além da redução das tarifas de água, telefonia, energia elétrica e pedágios.

Pela demarcação imediata das terras indígenas, quilombolas, e reforma agrária ampla geral e irrestrita para produção de alimento para o nosso povo e não para produzir soja para alimentar os "porcos" dos Estados Unidos.

É preciso bradar em alta voz que somos contra o NEOLIBERALISMO e o CAPITALISMO.

Luís Fernando da Silva, advogado OAB/SP n. 111.942-D, graduando em Ciências Sociais.

Luís Fernando Silva disse...

É preciso que a população peça a estatização dos serviços de transporte, da saúde, educação, além da redução das tarifas de água, telefonia, energia elétrica e pedágios.

Pela demarcação imediata das terras indígenas, quilombolas, e reforma agrária ampla geral e irrestrita para produção de alimento para o nosso povo e não para produzir soja para alimentar os "porcos" dos Estados Unidos.

É preciso bradar em alta voz que somos contra o NEOLIBERALISMO e o CAPITALISMO.

Luís Fernando da Silva, advogado OAB/SP n. 111.942-D, graduando em Ciências Sociais.

Luís Fernando Silva disse...

É preciso que a população peça a estatização dos serviços de transporte, da saúde, educação, além da redução das tarifas de água, telefonia, energia elétrica e pedágios.

Pela demarcação imediata das terras indígenas, quilombolas, e reforma agrária ampla geral e irrestrita para produção de alimento para o nosso povo e não para produzir soja para alimentar os "porcos" dos Estados Unidos.

É preciso bradar em alta voz que somos contra o NEOLIBERALISMO e o CAPITALISMO.

Luís Fernando da Silva, advogado OAB/SP n. 111.942-D, graduando em Ciências Sociais.

Luís Fernando Silva disse...

É preciso que a população peça a estatização dos serviços de transporte, da saúde, educação, além da redução das tarifas de água, telefonia, energia elétrica e pedágios.

Pela demarcação imediata das terras indígenas, quilombolas, e reforma agrária ampla geral e irrestrita para produção de alimento para o nosso povo e não para produzir soja para alimentar os "porcos" dos Estados Unidos.

É preciso bradar em alta voz que somos contra o NEOLIBERALISMO e o CAPITALISMO.

Luís Fernando da Silva, advogado OAB/SP n. 111.942-D, graduando em Ciências Sociais.

Marco Garcia disse...

Caro Ferrez, meu é Marco, sou de Santo Amaro, SP, me identifico muito com o trabalho realizado por vc, já li livro seu e acompanho o seu blog todos os dias... mantenho um sonho de escrever um livro de crônicas e , para saber se estou no caminho certo, gostaria de enviar um pequeno texto que escrevi sobre a Fifa e o Joseph Blatter para que, se possível, vc me desse um feed back... pode ser?

Marco Garcia disse...

Caro Ferrez, meu é Marco, sou de Santo Amaro, SP, me identifico muito com o trabalho realizado por vc, já li livro seu e acompanho o seu blog todos os dias... mantenho um sonho de escrever um livro de crônicas e , para saber se estou no caminho certo, gostaria de enviar um pequeno texto que escrevi sobre a Fifa e o Joseph Blatter para que, se possível, vc me desse um feed back... pode ser?

Marco Garcia disse...

Caro Ferrez, meu é Marco, sou de Santo Amaro, SP, me identifico muito com o trabalho realizado por vc, já li livro seu e acompanho o seu blog todos os dias... mantenho um sonho de escrever um livro de crônicas e , para saber se estou no caminho certo, gostaria de enviar um pequeno texto que escrevi sobre a Fifa e o Joseph Blatter para que, se possível, vc me desse um feed back... pode ser?

Marco Garcia disse...

Caro Ferrez, meu é Marco, sou de Santo Amaro, SP, me identifico muito com o trabalho realizado por vc, já li livro seu e acompanho o seu blog todos os dias... mantenho um sonho de escrever um livro de crônicas e , para saber se estou no caminho certo, gostaria de enviar um pequeno texto que escrevi sobre a Fifa e o Joseph Blatter para que, se possível, vc me desse um feed back... pode ser?

Unknown disse...

é realmente , o ser humano acordou mesmo , para fazer baderna destruir ,bagunçar e destruir o que não é seu , esse é o verdadeiro ser humano . HOMEM PRIMATA CAPITALISMO SELVAGEM,O HOMEM É O PRÓPRIO ANIMAL