Blog do escritor Ferréz

Agora ninguém controla nossa história!

Chegou o primeiro livro do SELO POVO. Cronista de um tempo ruim. Agora é quente, ninguém controla nossa história! Cronista de um tempo ruim, já está na zona Sul de Sampa.
O primeiro livro do Selo Povo que tem como idéia estimular a literatura marginal de uma vez por todas na quebrada.
Selo Povo - os livros serão de todos.

Cronista de um tempo ruim tem textos inéditos em livro como: As respostas, que foi recitado no cd do Facção Central, além de Matemática de favela, que está sendo recitado nas minhas palestras, além disso os textos Vida jovem em promoção, SPCC, A verdade absoluta, Sobreviver em São Paulo, o também inédito Certezas pelo ralo, Realidade que machuca (publicado na cartilha da O.N.U), desarmamento (Revista Trip), sobre pássaros e lobos (Le Mond Diplomatic), Brazil for sale (Caros Amigos) cotidiano 100%.

São ao todo 20 textos, com uma introdução de Érica Peçanha e uma apresentação de M. Jolnir.

O livro é o primeiro do Selo Povo, custa 5,00 tem mais de 125 páginas e está na pré venda nas lojas 1dasul, tanto do Capão Redondo, como em Santo Amaro.
O lançamento oficial será na Ação Educativa.
Muito axé e agora é correr para que todos veja a primeira criança do Selo.
Ferréz


O que é Selo Povo?

Selo feito para livros de bolso, livros esses escritos por e para mãos operárias, rebeldes, marginais, periféricas.
Que possa alcançar o público despossuído de recurso que geralmente vê o livro como um item raro e elitista.
Um vinho guardado e nunca degustado, enquanto queremos que todos bebam pelo menos sua tubaína diária.
Um selo em um livro de bolso, para ser posto na sexta básica, para ser lido na rua, no horário de almoço, nas prisões, nos acampamentos, nas zonas, nos bares, barracos e barrancos desse imenso país periferia.
Esse selo garante um livro de fácil leitura e que será lido, relido, emprestado, e gasto, andando de mão em mão até que volte para onde veio, a vida.
Ao preço de 1 cerveja e meia, e mais barato que um prato feito, a desculpa para não ler acabou.
Bem vindo ao Selo Povo, feito pra você e pra todo mundo.

Ferréz


10 comentários:

dulixo disse...

Parabéns tiu...progresso...assim que subir a serra vou ligar voce para desenrolar o lance de expor na loja...qualquer coisa liga nóis...abraço...e obrigado pela força.

Tubarão

Valéria Leão disse...

Parabéns pela grande conquista, com certeza vai ajudar muito na luta por justiça e igualdade.
É isso ae, liberdade de expressão.
Gostaria de saber quando rolar o lançamento, sou professora da rede pública e muito me interessa estar lá com alguns alunos.
Valeu, abraços
Valéria Leão

Claudiovan disse...

Olá Ferréz.
Meu nome é Claudiovan. Nasci na periferia de sampa, na Vila Mariana e logo fui morar na Cidade Tiradentes. Já morei na periferia de Brasília, em Planaltina, mais especificamente no POmbal. E hoje MOro na região metropolitana de Joao Pessoa - PB. Mas como diz os Racionais "periferia é periferia em qualquer lugar".
Olha só eu gotaria de saber como eu faço para adquirir o livro que acaba de ser lançado pelo selo povo, já que não moro em são paulo, logo não posso ter o imenso praze de ir até a loja 1 da sul e comprar o meu exemplar.
Um abraço e viva a periferia, não o caos, a violência, mas sim a produção cultural, ás pessoas que procuram melhorar o seu redor
a cada dia...
meu e-mail para contato é: claudiovan1@hotmail.com

Aline disse...

Olá! Parabéns pra vocês! É mais uma conquista para a cultura e para nós que moramos na perifa. Porém tenho uma dúvida, como vou adquiri seus livros agora? Eu moro no Rio de Janeiro, o Selo Povo também vai ser vendido aki.

Valeu e muita luz

Aline

Carolina Queiroz disse...

Tô de volta ao mundo virtual (rs).

Rafa disse...

Parabéns velho. Ainda não li o livro, mas a atitude nesse caso é até mais importante que o conteúdo.

Parabéns mesmo!

Fabio Tamoyo disse...

Cara parabens pelo seu trabalho!!!
Acabei de ler Capão Pecado pela primeira vez.Fui até a biblioteca publica daqui de Ribeirão Preto e vi lá ele perdido entre tantos livros bons da nossa literatura, talvez o unico da periferia...
Não sou exatamente um Mano, vivo na pereferia mas não sou ligado ao movimento hip-hop, não sou negro, não esculto pagode (acho que vc tmbm não) mas me considero sim um homem dessas quebradas ( Ipiranga, de que nada tem a ver com o Ipiranga daí de SP)sou filho de nordestino, daqueles que vem pra SP
com umas peças de roupas e muita corragem, e vivo lendo Kafka, Faulkner, Dostoievski, Philip Roth... estou tentando escrever um livro, não está nem na metade, mas estou preuculpado, como vou fazer pros caras publicarem, devo apenas colocar tudo num papel pardo e esperar resposta? é isso?
se você puder me de uns toques por e-mail... fabio_tamoyo@hotmail.com

Fabio Tamoyo disse...

Cara parabens pelo seu trabalho!!!
Acabei de ler Capão Pecado pela primeira vez.Fui até a biblioteca publica daqui de Ribeirão Preto e vi lá ele perdido entre tantos livros bons da nossa literatura, talvez o unico da periferia...
Não sou exatamente um Mano, vivo na pereferia mas não sou ligado ao movimento hip-hop, não sou negro, não esculto pagode (acho que vc tmbm não) mas me considero sim um homem dessas quebradas ( Ipiranga, de que nada tem a ver com o Ipiranga daí de SP)sou filho de nordestino, daqueles que vem pra SP
com umas peças de roupas e muita corragem, e vivo lendo Kafka, Faulkner, Dostoievski, Philip Roth... estou tentando escrever um livro, não está nem na metade, mas estou preuculpado, como vou fazer pros caras publicarem, devo apenas colocar tudo num papel pardo e esperar resposta? é isso?
se você puder me de uns toques por e-mail... fabio_tamoyo@hotmail.com

guido campos disse...

po estou muito feliz em conhecer seu blog e seu trabalho confesso que nao conhecia nao so de falar agora esto me aprofundando em literatura marginal e nao tem como sem passar pelo seu trabalho parabens, eu escrevo tbm e estou lutando para colocar meu primeiro trabalho na praca que esta intitulado"4+1 Drogas e poesias" previsto para o primeiro semestre do ano que vem conheca meu espaco www.guidocampos.blogspot.com meu msn e guidocampos120@hotmail.com, gostaria de saber de eventos em sp capital pois sou de taubate e participar com minha mente ok abracos e sucesso

Antonio disse...

aee, Gostaria de ter um material desses já ouvi fala de seu trabalho e gostei pois aqui no mato grosso do sul é dificil esse tipo de material aqui é só lavagem cerebral, musicas sertaneja nada contra mas acho que falam muito "eu, vc, nos," levando ha individualizar o cidadão e fazer pensar em um sentimento e retirar da cabeça a revolta das ladroagem no plenario, tirando a força do povo unido! Valeu!