Blog do escritor Ferréz

De Chico Buarque a Ferréz. Palavra (en) cantada estréia em SP




Palavra (en) Cantada, o filme de Helena Solberg e Marcio Debellian.
Premiado documentário que discute a relação entre poesia e música, letra e canção por meio de depoimentos de feras como Adriana Calcanhotto, Antonio Cícero, Ferréz, Caetano Veloso, Chico Buarque, Lenine, Maria Bethânia, Tom Zé, etc.
Em cartaz no dia 13 de março e antes já no dia 10, terça que vem, haverá uma exibição gratuita no Cine Bombril, (Av. Paulista 2073 Conjunto Nacional (11) 3285 3696.) às 20 horas, dentro do projeto Folha Documenta, acompanhada de um debate-papo entre Marcelino Freire, os diretores e Ferréz e Luiz Tatit. Imperdível.
sinopse
Palavra (En)Cantada é um documentário de longa-metragem (86min), dirigido por Helena Solberg, que percorre uma viagem na história do cancioneiro brasileiro com um olhar especial para a relação entre poesia e música. Dos poetas provençais ao rap, do carnaval de rua aos poetas do morro, da bossa nova ao tropicalismo, Palavra (En)cantada passeia pela música brasileira até os dias de hoje, costurando depoimentos de grandes nomes da nossa cultura, performances musicais e surpreendente pesquisa de imagens.O filme conta com a participação de Adriana Calcanhotto, Antônio Cícero, Arnaldo Antunes, BNegão, Chico Buarque, Ferréz, Jorge Mautner, José Celso Martinez Correa, José Miguel Wisnik, Lirinha (Cordel do Fogo Encantado), Lenine, Luiz Tatit, Maria Bethânia, Martinho da Vila, Paulo César Pinheiro, Tom Zé e Zélia Duncan. Imagens de arquivo resgatam momentos sublimes de Dorival Caymmi, Caetano Veloso e Tom Jobim.A maioria das entrevistas foi realizada na casa dos entrevistados, em atmosfera intimista, com o registro de declamações e canções especialmente para o documentário. Poemas de Fernando Pessoa, João Cabral de Melo Neto, Hilda Hilst e pérolas de nossos grandes compositores conduzem o roteiro do Palavra (En)Cantada. Entre as músicas do filme estão Choro Bandido (Chico Buarque/Edu Lobo), Alegria, Alegria (Caetano Veloso), Alvorada (Cartola), História do Brasil (Lamartine Babo), Inclassificáveis (Arnaldo Antunes), Fábrica do Poema (Adriana Calcanhotto/Waly Salomão), 2001(Tom Zé/Rita Lee) e O Mar (Dorival Caymmi).

2 comentários:

Γοργών disse...

massa!
estarei lá! (:

Barraco Das Ideias disse...

Po! só faltou eu. Rick poeta da leste smpta.