Blog do escritor Ferréz

1000 fitas...

Salve
essa é a nova coleção 1dasul, desenvolvida totalmente na zona super de sampa city.
coleção 2009.
Molentos full print.
Camisas pólo e muito mais, a marca que representa a quebrada atinge um novo grau de qualidade esse ano, essa mudança também acontece nos bonés e toda linha secundária.
O nosso objetivo.
deixar a periferia maravilhosamente linda...




A escritora Cernov, veio de Rondônia conhecer o projeto Interferência, e ficou o dia todo colada com as crianças, ou vice-versa?
bom, e também fizemos a reunião para a coleção Selo Povo, ela é a segunda autora a sair na coleção.
O nome do Livro: Amazônia em chamas.
ontem foi um dia muito especial também, fiz reunião com o representante do espólio de um grande escritor...vou deixar para fazer surpresa, mas a coleção está cada vez mais forte.

Bom, e na parte de video, a L.M Editora e a 1dasul lançam o DVD em junho com direito a tela grande e tudo, e o piór é que agente tá ficando nojento, até animação de introdução agente fez...quem diria heim? se cuida Tom e Jerry, agente tá nas pistas...





Cultura de periferia, para periferia, quem duvidou ficou pra tráz, e pode ter certeza, que o trabalho é constante, muitas vezes ingrato, mas sempre teve um rumo...
a verdadeira revolução.
a da cultura.
Ferréz/1dasul/L.M. editora.

6 comentários:

Elielde disse...

Li a revista Caros Amigos de Fev/Mar...
O Datilógrafo do Capão digitou: "Por que quando fazemos o bem estamos sozinhos"?

Respondo euzinho: Quando praticamos o bem podemos até fazê-lo sem ter alguém do nosso lado para nos acompanhar, apoiar ou participar. Mas fazer o bem é um ato solidário é agir pensando no próximo.

Parabéns pelo teu trabalho Ferrez!

Apesar de não ser mano, mas é nóis!

João Paulo disse...

Ô já que você tá falando, eu vou botar fé que é pra periferia mesmo!

dulixo disse...

Progresso sempre!!!

Tubarão

Pilar Bu disse...

Quando o trabalho é bacana nem é questão de ficar "nojento" é merecimento mesmo! e vocês merecem!
conheço pouco, mas o pouco que conheço adoro. parabéns a todos! Arte e cultura faz bem para alma.

Serial Fucker disse...

...Mas é aqui mesmo! Achei. E engraçado que eu também já tenho um blogspot, e nem conhecia você por essas bandas, Ferrez. Eu o conheci através do Entrelinhas, depois o vi na TV Senado, TV Universitária, nessas tvs a cabo. Gosto desse estilo de se expressar, natural, espontânea, sem papas na língua. Tem que dizer o que pensa e foda-se o mundo. Eu, num flog que eu tenho já fui censurado até pelo meu ‘nick name’, e quando dizia uns ‘palavrõezinhos’, aí uns conservadores do caralho queriam me crucificar. E eu gosto é disso mesmo, de fuder mesmo, LITERALMENTE falando. Gosto de comer umas putas, fazer uns poemas (acrósticos, em especial) para elas, gosto de registrar toda essa minha vida que se extinguirá, mas as palavras, as histórias ficarão...

(A TV Cultura é muito legal e tudo, mas aquele blog deles é uma bosta. O ‘curador’ do blog censurou um monte de comentários meus. E depois ainda começou a botar um monte de recadinho esdrúxulos de que se teria subscrever com o nome de batismo, não se poderia deixar apelido, pseudônimos, alcunhas, etc... Não falou nada sobre ‘heterônimos’. Então... Enchi de heterônimos de Fernando Pessoa lá, de Ricardo Reis a Bernardo Soares. Mas quanta babaquice há nesse mundo, heim?! Vou escrevendo por aí, vou deixando ‘pegadas’, numa (quem sabe) jornada literária...)

Abraços a todos os blogueiros inquietos, indignados, inconformados...

Atenciosamente (de onde eu tirei isso?)
Serial Fucker

(Aprova aí, vai! Aprova este simplório e sincero comentário. Por favor!)

Serial Fucker disse...

Atrapalhei-me, como sempre, com esse negócio de login. Minha filha estava usando o pc e fez esse login, aí ficou o nome dela e não batia senha com nome e uma confusão do caramba. Mas, como disse, nos comentários que enviei, demorei um pouquinho mais achei alguém que diz algo que realmente tem a ver. Voltarei aqui com mais tempo para ler as biografias e diversas coisas interessantes.
Abraços a todos.
Serial Fucker