Blog do escritor Ferréz

Cronista de um tempo ruim

Eu me agarro a algo já batido,
uma velha letra que ouvi a muito de um velho inimigo,
Penso nas línguas que ferem e estrupam meu ouvido,
dizendo entender e se parecer comigo.

Ferréz – Cronista de um tempo ruim

Primeiro lançamento da editora L.M, no primeiro semestre de 2009.
a coleção de 8 livros segue com a escritora Cernov (Manaus). e muita mais marginália vem ai.
Distribuição periférica.(leia-se Saruas, Escolas, Ongs, Bares, Igrejas, estúdios, lojas e qualquer lugar que quiser traficar informação).
o que é Selo Povo?
é o nome da coleção da Editora L.M. que publicará 8 autores, todos a um preço bem acessível e com distribuição que privilegiará a periferia, os locais já foram mapeados e os livros chegarão lá primeiro e com melhor preço.
O Selo Povo foi criado para fazer o livro chegar a quem realmente precisa ler, é também uma forma de mostrar ao mercado a falta de senso referente ao preço das obras, pois um livro de bolso chega a custar até R$ 20,00 em livrarias.
Privilegiando a distribuição nos bairros, nós da L.M. colocamos a periferia no centro do trabalho, já que somos nós que produzimos todo o conteúdo e depois temos de"viajar" para encontrar um local que venda nossos produtos.
Cultura da periferia em alta voltagem.
Quem for morador de bairro, e quiser ser um distribuidor, favor mandar e-mail para literaturamarginal@ibest.com.br para fazermos o cadastro.

11 comentários:

Lari Arraes disse...

Não vejo a hora de poder ler e reler esse cronista de um tempo ruim. Só no aguardo.

Lucas de Oliveira disse...

Me bate o verso em que me agarro,
um texto feroz de um tal Ferréz não foragido.
Penso nos letras que na véspera do escarro,
beijam as mãos desse poeta incompreendido.

Paz a ti, mano!
Lucas de Oliveira:
http://www.refemdasideias.blogspot.com

Estêvão Campos - DF disse...

Salve, Ferréz. Acabo de assistir à entrevista que você deu no programa "Fortalecendo a corrente" e quero te parabenizar pelas ideias que você deu pra toda a rapaziada. Sua história de vida é exemplo de dignidade, humildade e consciência. Muita positividade e sucesso pra você e para todos os seus.

Estêvão - DF

Sergio Borges disse...

Olá, Ferrez!

Legal o seu Blog. Gostaria de convidar você e os seus leitores a conhecerem o meu Blog.
www.ateondevaisaopaulo.wordpress.com
Valeu!
Sergio Borges

Sergio Borges disse...

Olá, Ferrez!

Legal o Blog.
Convido você e os seus leitores a conhcerem o meu Blog sobre Sampa.
www.ateondevaisaopaulo.wordpress.com
Valeu!

Camila Gabacci disse...

Felizmente descobri voce na revista que é "solitária e maior pra não ficar ofuscada,em meio ao jornalismo canalha" Caros Amigos, desse mês..resolvi visitar o blog,e gostaria de dizer que amei seu trabalho ,sua determinação,o blog,seu artigo na revista e tudo mais.Adorei e admiro muito essa forma de mudar as coisas,de ir atrás do que se acredita.
Acredito ser esse o caminho para a real democracia e a mudança positiva,que deveria ser seguido por todos nós brasileiros,oprimidos pela mídia,pela política,pelas classes mais bem servidas e -em grande parte- alienados dessa opressão toda.
Ja sou sua fã,pode acreditar.
Parabéns,e obrigada !

Bjão

Camylla Helena

http:/www.camyllagabacci.blogspot.com

aetharyn disse...

Notícias insólitas com imagens e vídeos, actualizado diariamente!
http://melhor-pior.blogspot.com

WILSÃO NEGREDO E RENATO VITAL A CORRENTE FORTE DO GUETO disse...

Da hora a entrevista no programa do Lucky, foi coerente pra caramba, bastante objetiva, louco mesmo. Hoje mesmo ela vai estar disponivel no meu blog pra todos verem. Abraços Férrez.

Robson Canto disse...

O que me espantaria de tudo isso é se o Ferréz estivesse na Nike. Ai eu ia dizer, pára a porra do mundo que eu quero descer.

Agora vou ali calçar o meu tênis all star: E viva a revolução negô!!!!!!!!

Canto

Serial Fucker disse...

...Mas é aqui mesmo! Achei. E engraçado que eu também já tenho um blogspot, e nem conhecia você por essas bandas, Ferrez. Eu o conheci através do Entrelinhas, depois o vi na TV Senado, TV Universitária, nessas tvs a cabo. Gosto desse estilo de se expressar, natural, espontânea, sem papas na língua. Tem que dizer o que pensa e foda-se o mundo. Eu, num flog que eu tenho já fui censurado até pelo meu ‘nick name’, e quando dizia uns ‘palavrõezinhos’, aí uns conservadores do caralho queriam me crucificar. E eu gosto é disso mesmo, de fuder mesmo, LITERALMENTE falando. Gosto de comer umas putas, fazer uns poemas (acrósticos, em especial) para elas, gosto de registrar toda essa minha vida que se extinguirá, mas as palavras, as histórias ficarão...

(A TV Cultura é muito legal e tudo, mas aquele blog deles é uma bosta. O ‘curador’ do blog censurou um monte de comentários meus. E depois ainda começou a botar um monte de recadinho esdrúxulos de que se teria subscrever com o nome de batismo, não se poderia deixar apelido, pseudônimos, alcunhas, etc... Não falou nada sobre ‘heterônimos’. Então... Enchi de heterônimos de Fernando Pessoa lá, de Ricardo Reis a Bernardo Soares. Mas quanta babaquice há nesse mundo, heim?! Vou escrevendo por aí, vou deixando ‘pegadas’, numa (quem sabe) jornada literária...)

Abraços a todos os blogueiros inquietos, indignados, inconformados...

Atenciosamente (de onde eu tirei isso?)
Serial Fucker

(Aprova aí, vai! Aprova este simplório e sincero comentário. Por favor!)

Serial Fucker disse...

...Mas é aqui mesmo! Achei. E engraçado que eu também já tenho um blogspot, e nem conhecia você por essas bandas, Ferrez. Eu o conheci através do Entrelinhas, depois o vi na TV Senado, TV Universitária, nessas tvs a cabo. Gosto desse estilo de se expressar, natural, espontânea, sem papas na língua. Tem que dizer o que pensa e foda-se o mundo. Eu, num flog que eu tenho já fui censurado até pelo meu ‘nick name’, e quando dizia uns ‘palavrõezinhos’, aí uns conservadores do caralho queriam me crucificar. E eu gosto é disso mesmo, de fuder mesmo, LITERALMENTE falando. Gosto de comer umas putas, fazer uns poemas (acrósticos, em especial) para elas, gosto de registrar toda essa minha vida que se extinguirá, mas as palavras, as histórias ficarão...

(A TV Cultura é muito legal e tudo, mas aquele blog deles é uma bosta. O ‘curador’ do blog censurou um monte de comentários meus. E depois ainda começou a botar um monte de recadinho esdrúxulos de que se teria subscrever com o nome de batismo, não se poderia deixar apelido, pseudônimos, alcunhas, etc... Não falou nada sobre ‘heterônimos’. Então... Enchi de heterônimos de Fernando Pessoa lá, de Ricardo Reis a Bernardo Soares. Mas quanta babaquice há nesse mundo, heim?! Vou escrevendo por aí, vou deixando ‘pegadas’, numa (quem sabe) jornada literária...)

Abraços a todos os blogueiros inquietos, indignados, inconformados...

Atenciosamente (de onde eu tirei isso?)
Serial Fucker

(Aprova aí, vai! Aprova este simplório e sincero comentário. Por favor!)