Blog do escritor Ferréz

Perdemos o homem mais digno desse pais

"Perdemos o homem mais digno desse pais"
Com essa frase do Thiago, resumimos o maior jornalista desse pais, Sérgio de Souza (criador e editor da Caros Amigos) nos deixou no começo da manhã desta terça-feira. Ele estava internado há duas semanas no hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo, com problemas de estômago que se agravaram com uma infiltração no pulmão.
Sérgio ou Serjão como eu e vários o chamavam criou a Caros em 1997, e tinha 73 anos de idade.
O Velório foi no cemitério da Vila Alpina, eu fui lá encontrar a multidão de amigos e admiradores do também fundador da editora Casa Amarela.

Pelo tanto de gente deu pra sentir o ser humano que perdemos, e pela comoção dava pra sentir o valor que Sérgio dava nas amizades e na sua caracteristica mais forte, sua conduta profissional.
Eu não consegui ficar e esperar o velório, preferi ficar com o nosso último encontro na memória, o dia que demos muitas risadas e foi marcado por essa foto.
alguns dias antes da internação ficou acertado a minha volta para a linha editorial da Caros Amigos, e o Sérgio ia fazer o editorial da revista falando do meu retorno. Agora para todos os amigos da redação eu só tenho essas palavras, a guerra tem que ser mais forte, pois temos o maior motivo para trava-la, a memória do Sérgio de Souza.
vou sentir saudades Serjão, é a maior honra da minha vida, ter podido conviver com uma ser humano do seu nível, Adeus.


Ferréz

2 comentários:

Jaquelyne disse...

Ferrez, estou aqui por indicação de um amigo meu,Cecílio, leitor assíduo de teu blog.Andei lendo sobre poesia marginal, me conquistou, e cá estou eu aqui, por saber que tu também escreves assim...
Lerei com mais afinco, com certeza!
Agrada-me a leitura e seus diversos mundos.
Abraços,
Jaquelyne Costa.
Espero que possa comparecer em meu blog.
www.jaquesou.blogspot.com

Neto Miná disse...

ferréz..
Sou leitor assíduo de sua publicações na Caros amigos..
Fique mtO triste com a morte do Sergio.
Mas, espero q CA continue firme na sua luta: denunciando os abusos midiáticos e criticando a qm merece!

AbraçO