Blog do escritor Ferréz

É nóis que tá muleke.

1DASUL, a cultura da periferia em ação, desde a primeira loja na garagem da casa da minha mãe, a meta sempre foi ter o respeito da quebrada.
e hoje isso é uma realidade, a cada dia aparece um mano com uma novidade, e é muito louco ver que o barato também saiu das nossas mãos.
A 1DASUL trabalhou 8 anos até chegar nos Jeans. mas finalmente realizamos nosso grande sonho, pra quem trabalha com grife sabe a dificuldade que é, principalmente em fazer os botões, que só são fabricados em grandes quantidades, assim como também os zipers.

Agradecemos a todos os prifissionais envolvidos na marca, que trabalham na quebrada e fazem da 1DASUL e da Firme e Forte o que elas representam hoje.


Um livro que virou roupa, uma roupa que virou livro, e a quebrada hoje tem outra cara.
-Você tá indo aonde? no Capão? então compra uns pano lá pra mim. 1DASUL, Firme e Forte, Literatura Marginal, desde 1/04/99 na caminhada.
enquanto muitos tinham preconceito do nome "periferia"agente bateu no peito e foi pra cima.

Agora a firma sonha mais longe, e 2008 promete, afinal já são 9 anos de batalha.
quem tá lado a lado sabe o que virá, a evolução da nossa cultura, novas parcerias, novos desafios.

Tá osso, muitos falam que tá difícil, enquanto isso agente caminha, todo dia uma nova trincheira a ser percorrida, e a frase é só uma, tem que correr truta.

lançamentos próprios/1dasul fonográfica
CD Determinação/primeiro solo de Ferréz/2003.
DVD 100% Favela (numa parceria com Negredo, e Talentos Aprisionados nós registramos a nata do rap).
coletânia 1dasul (treze músicas inéditas)2007
Cd Tr3f (o primeiro trabalho do grupo da zona sul)2008
Vinil Duplo 1dasul, us qui são representa. 2007
Vinil Duplo Tr3f, De sofrimento basta meu passado 2008
Vinil Duplo Detentos do Rap, 10 anos. 2008

Lançamentos próprios Literatura Marginal

Revista Caros Amigos/literatura marginal. desde 2001.
Livro Literatura Marginal/ Em parceria com a editora Ágir.
1000 Fita/HQ. /em breve.

10 comentários:

Peripherica disse...

Caraio, pq não tem um Férrez em Pitiruba?
Se os nego daki fosse tão unidos e idealista como os daí, as coisas tavam melhores.
Conheço um maluco aqui q dá curso de rap numa escola chamada Lacerda pra molecada, às vezes colo com ele, mas é pouca caisa pra fazer alguma diferença, até mostro pra uns moleque seus livros, falo q vc é do capão, amigo do brown daí eles até se interessam, mas ninguém lê de verdade, é foda.

Peripherica disse...

Caraio, pq não tem um Ferréz em Pitiruba?
Se os nego daki fosse tão unidos e idealista como os daí, as coisas tavam melhores.
Conheço um maluco aqui q dá curso de rap numa escola chamada Lacerda pra molecada, às vezes colo com ele, mas é pouca coisa pra fazer alguma diferença, até mostro pra uns moleque seus livros, falo q vc é do capão, amigo do brown daí eles até se interessam, mas ninguém lê de verdade, é foda.

yLSAO E RENATO VITAL A CORRENTE FORTE DO GUETO disse...

Teve um maluco que me parou no meio da rua, pra mperguntar se eu cantava rap, eu falei que sim, ele falou que cantava também, o nome do grupo dele é marcinho hip hop, e pediu pr amim comprar um boné quando eu fosse lá na 1dasul, já qu eel viu eu com um na cabeça. Mil fita é real mesmo a parada.

vagner disse...

Saudações Ferréz, parabéns pelo trampo.
Estive no último encontro de literatura marginal, e tb ja tive a oportunidade de conhecer a biblioteca exôdus.
Então meu velho eu sou aqui da brasilândia, estamos correndo atrás pra motar um centro cultural aqui na quebrada, mas até o projeto sair do papel o processo é lento, mas enquanto isso eu e alguns amigos temos alguns livros que estamos querendo doar pra alguma biblioteca, e as daqui do bairro infelizmente ficam a maior parte do tempo fechadas, então nós pensamos em levar aí pro capão, mas nós precisamos saber que horas a exôdos fica aberta nos finais de semana, porque de semana não rola da gente ir até aí por causa do trampo né? Então assim que der da um toque pra gente poder levar os livros.
abraço.

vagner disse...

Saudações Ferréz, parabéns pelo trampo.
Estive no último encontro de literatura marginal, e tb ja tive a oportunidade de conhecer a biblioteca exôdus.
Então meu velho eu sou aqui da brasilândia, estamos correndo atrás pra motar um centro cultural aqui na quebrada, mas até o projeto sair do papel o processo é lento, mas enquanto isso eu e alguns amigos temos alguns livros que estamos querendo doar pra alguma biblioteca, e as daqui do bairro infelizmente ficam a maior parte do tempo fechadas, então nós pensamos em levar aí pro capão, mas nós precisamos saber que horas a exôdos fica aberta nos finais de semana, porque de semana não rola da gente ir até aí por causa do trampo né? Então assim que der da um toque pra gente poder levar os livros.
abraço.

o Casulo disse...

Boa Noite Ferrez ..acabei de criar um blog..claro não poderia deixar de visitar o seu só pra começar a me familiarizar com essas coisas de blog..se vc não se importar me da um toque em como add seu blog nos meus favoritos!Qlquer hora passo na loja!Abraço Gezy

o Casulo disse...

Não deixe de visitar meu blogg
ocasulo.blogspot.com

marcos disse...

salve salve FERREZ aki quem manda aquele salve e o borracha eu to ti ligado que o barato e louco e nois esquesse mesmo dos bagulho mais ai cade a minha foto da tatoo no blog vc colou no saldanha nois tracamos ideia eu ia cantar o bagulho mais ja era tarde os aparelhos ja tava longe mais ai to com mais umas 2 musicas fora aquela do saldanha que precissa de uma trilha sonora nois tinha que marcar para cantar o bangue fiquei sabendo la na 1DASUL que tinha um outro pico pra nois ir cola que vc ia fazer uma apresentação quando vc for mandar o verbo liga nois se ta ligado que é nois firmão fica com deus a depois ñ esquece de coloca a foto da minha tatoo que eu tambem quero copiar no meu pc pq não so a tatoo ficou louca como o geito que ele foi tirada se ta ligado na quela q parece um enquadro firmeza ferrez fica com deus cara...

gianette disse...

gianette aqui na fita
quando que é rolado os debates

Fernando disse...

a um da sul tem q chega aqui no interior truta nois q ta nois tambem curte po