Blog do escritor Ferréz

Com us guerreiros de verdade

Literatura Marginal pra quem num tem vergonha do título, nem abaixa a cabeça pra oposição.
Pra quem tem uma idéia na cabeça e um rabisco na mão.
prus lokos que pixam palavras de paz nessa terra.
pros que viveram para travar a guerra da caneta.
us heróis não morrem, eles tiram férias, e o preto do Norte vai ser homenageado nessa noite, muito militante na locomotiva da figa, porque:
"Se o sangue da nobreza é azul, então vamos sangrá-los e encher nossas canetas" Preto Ghóez. presenças confirmadas de sua esposa Mírian e seus filhos (pra quem ele deixou sua única herança, a militância).

Um comentário:

Wendell Penedo disse...

Acho que fiquei uma meia hora pensando no que escrever, e como não cheguei a conclusão alguma, vou escrever mesmo assim. Abençoada seja a rede que me permite poder dar, pelo menos, uma grande saudação e os parabéns por um trampo que não inspira somente a periferia, mas também a uma classe média, que não sente na pele a dureza da realidade, mas divide os sentimentos de angústia e desprezo, vindos de todos os lados, e você, não simplesmente por um texto bom e verdadeiro, mas como um exemplo a ser seguido, é um alívio, pois mostra que, afinal de contas, a nossa população precisa de tão pouco pra poder produzir algo de uma significância sublime, e ainda assim consegue sorrir com o nada que recebe.
Um grande abraço e boa sorte cara!