Blog do escritor Ferréz

23a. Feira de Caxias do Sul (Rio Grande do Sul)

Salve,
Cheguei a 23a. feira de literatura de Caxias do Sul ainda pela manhã, e numa rara oportunidade pude caminhar pela feira e olhar alguns livros que tanto quero que venham fazer parte da minha coleção.
preços vistos e alguns descontos depois, já estava pronto para entrar e assistir a uma palestra formada por catadores que formaram uma biblioteca com livros achados no lixo, e ainda sobre a criação de uma biblioteca intinerante feita pelos manos e minas do Hip-Hop de Caxias.
A organização da feira me disse que o meu nome foi citado porque nas duas bibliotecas comunitárias abertas meus livros são os mais lidos.
As pessoas chegando para minha palestra, que contou com uma leitura do "Ninguém é inocente em São Paulo".

Lá no cantão estava nada menos que meu parceiro Zuenir Ventura, depois de tirarmos essa foto, fomos tomar um café e conversar sobre o que temos mais em comum, livros. Os meus livros estava sendo vendidos em 2 barracas, essa era uma delas.

Depois da palestra, fui convidado pelo Tom e pelos manos e minas do Hip-Hop para uma almoço, trocamos muitas idéias e fizemos uma parceria de distribuição na cidade, já que uma das principais reclamações é que não chega artigos da cultura na cidade.

Bom! Essa foto ai embaixo, resume tudo que foi o evento pra mim, e dá muito sentido no meu trabalho, esse mano se chama Diego, ele chegou pra mim no final da palestra e disse:
- Você num lembra de mim, mas a 7 anos assisti uma palestra sua no meu colégio em Pelotas, nunca esqueci o que você disse, e hoje estou trazendo minha filha para assistir e aprender o que eu aprendi com você.

Fala a verdade, eu preciso de um prêmio mais valioso que esse? satisfação total em poder ver o resultado, e ainda temos muito a plantar, Caxias! vou ficar com muitas saudades, pode apostar.
Ferréz

6 comentários:

Mano de Sheol disse...

Caraca! Você esteve em Caxias, Ferréz! Como não fiquei sabendo disso??! Moro relativamente perto, mas a divulgação desse tipo de coisa é tão esparsa aqui no RS que revolta... É lamentável. Bom, mas, falando nessa, aproveito a onda para perguntar: está interessado em realizar uma palestra aqui na minha cidade (São Leopoldo-RS)? Numa universidade? Aqui, o movimento hip-hop é forte, mas os muleques não tem a mente, a ideologia, dentro do movimento. Ouvem a música, se vestem (Embora eu não ache que vestir camisa do "G-Unit" faça o mano melhor q outro...) e comunicam-se na real do movimento, mas se você falar sobre o Malcolm X, sobre a Revolta dos Malês ou, até, sobre você mesmo, Ferréz, se um em dez saber do que se trata, é muito. Eu estudo pra ser professor de História e pra fazer nosso povo crescer culturalmente, mas isso é foda... Então, não há nada certo ainda, mas o grupo negro que faço parte na facul está interessado em fazer algo relativo ao movimento e voltado pra esses jovens aí... Queria saber sua opinião e tal...

Valeu! Abração e muita força!

Raquel disse...

E aí Grilo de outros verdes!

Aqui vai o salve dos Grilos do Hip Hop de Caxias, não existem palavras que expressem nossa alegria em agora, contar com um amigo (se nos permite acolhê-lo desta forma) como tu, é desta maneira que te consideramos, um grande amigo que deixou saudade...
Fostes comentário da semana, talvés estenda-se o mês, mas antes que esfrie esta lembrança tão gostosa esperamos o seu retorno, mas agora como nosso hóspede (se é que vais embercar nesta loucura novamente,hehehe...), uma nova luz acendeu-se em nossos corações, simplicidade e respeito caracterizam nosso mais novo amigo Ferréz... Saudades!

Quel...

Tom disse...

Salve Ferrez e toda a rapa que acessa aqui!!!

Meu, foi uma oportunidade sem tamanho poder trocar essa idéia com o Ferrez aqui em Caxias do Sul. Entre as coisas que aconteceram que mais me deixou surpreso e ao mesmo tempo motivado, foi o fato de o Ferrez já conhecer o meu Zine, o Conexão X. Estamos agitando muitos projetos em torno da leitura e do debate, para mudar a idéia aqui de que Hip Hop é só palco, show ou festa... O próximo projeto já tem nome e será em homenagem ao Ferrez que consideramos padrinho da idéia, se chamará "Primeiro Sarau Marginal de Caxias do Sul" e seguirá numerado como uma Feira do Livro. Desculpe a rapa de fora da cidade que não ficou sabendo, talvez tivessem comparecido com certeza. Pois aqui na cidade fizemos mais de 2 mil flyer e a galera chegou só depois do evento acontecer... Acreditamos que podemos mudar nossa realidade, estamos muito contentes e orgulhosos de estar contribuindo para o verdadeiro Hip Hop. A presença do Ferrez foi um marco na história do Hip Hop de Caxias do Sul, que não será mais o mesmo!
Um grande abraço a todos, valeu!!!
Tom.

Milícia da Favela disse...

e ai Ferréz beleza!!! sou Reginaldo do Quilombo Urbano-Ma,como e que está os corres ai em sampa, aqui já estamos na reta final das correrias da 2ª Marcha da Periferia, entra em contato com Hertz que ele quer saber se a sua passagem e pra São Paulo ou Bhaia, se vc poder trás uns cds de base pra mim que eu te pago aqui, um abraço e estamos a sua espera guerreiro.

Raquel disse...

Olá Grilo, Como estás? Bem, o tempo foi passando e ficamos pra anos luz em teu Blog, mas acompanhamos teus trabalhos mesmo que do "outro lado do mundo", aqui a correria aumenta e a mentalidade mais ainda... Muito som, muitas iséis que precisam ser concretizadas, espero em um futuro próximo poder contar com tua presença em nossa cidade novamente, a "capital da cultura" ou "cultura do capital", mas há pessoas que valem ouro por aqui... Um grande abraço, fique em PAZ.

Raquel disse...

E aí grilo?!
Como estás? Aqui vamos correndo contra o tempo, mas afavor do vento sempre, o tempo passou e ficamos escondidos em teu Blog, mas esperamos em um futuro próximo poder te convidar pra um grande evento aqui na "capital da cultura" ou melhor, "cultura do capital" que se encaixa melhor.

Um grande abraço.