Blog do escritor Ferréz

Veja o que sua marca representa (1dasul, Nike, Adidas)

Veja o que sua marca representa

1dasul
Apóia e patrocina:
Negredo, grupo de rap (Favela Godoy)
Tr3f, grupo de rap(Grisson,Jd. Amália)
Sidney, lutador de Jiu Jitsu (Capão Redondo) Campeão Paulista e Mundial 2007.
Festa Páscoa (Travessa Santiago)
Biblioteca Êxodus (Favela Godoy)
Festa 7 de Setembro (show na Av. Sabim)
Quermesse da Grisson (comunidade Grisson)
Selo Literatura Marginal (Revistas)
Time Capão-sp (futebol de salão)
1dasul Fonográfica (cd’s de hip-hop)
Scooby, cantor gospel (Capão redondo)

A história
A 1DASUL foi criada em 1999 pelo escritor Ferréz, morador no Bairro de Capão Redondo, o escritor sempre achou que precisaríamos criar nossa própria identidade.
Hoje a marca está produzindo cerca de 90% do que vende no bairro, a 1DASUL vem cumprindo desde então o papel de trazer auto estima e resgatar o orgulho de se morar Zona Sul de São Paulo.
Hoje, todas as roupas são confeccionadas no bairro, (menos dois itens), dando emprego para: Costureiras, cortadores, estampadores, bordadeiras, decupadores de adesivos, profissionais de brindes, gráficas e muito mais.

O símbolo: o emblema da 1DASUL tem como idéia ser um brasão do nosso povo, desde que invadiram o Brasil os descendentes de portugueses sempre tiveram seus brasões reais, porque? Porque o brasão tem sentido de unidade e traz a idéia de um povo que se une para lutar pela preservação da sua cultura. Assim eles venciam as batalhas porque dividiam agente.
Assim como os europeus em geral se uniram e sempre trataram de cuidar para que o povo não se organizasse, mas nós descendentes de escravos nunca tivemos um símbolo sobre nossa linhagem, o símbolo da 1DASUL em forma de fênix e com o número 1 em destaque é uma forma de termos nosso próprio brasão, e ele tem esse sentido, de juntar a periferia.
O dono do poder, cria símbolos, estatuas, e assim consegue nos oprimir, nós estamos nos primeiros passos de também termos nossos símbolos, afinal temos uma história de lutas e vitórias também. (Zumbi, Marighela, Antônio Conselheiro são exemplos dessa vitória).
Por isso, quando por a 1DASUL no corpo saiba que você está também usando uma idéia de mudança, você está somando para a auto estima do nosso povo.


Nike
Apóia e patrocina

Seleção Austríaca de futebol
Seleção Portuguesa de futebol
Dezenas de times americanos
Wayne Rooney (inglês)
A história
A Nike é criticada por explorar os trabalhadores em países como Indonésia e México. A companhia tem sido objeto de muitas críticas pelas condições de trabalho precárias e a exploração de mão-de-obra barata empregada em outros países sem legislação trabalhista adequada e com incentivos fiscais onde seus produtos são manufaturados. Fontes dessas críticas incluem o livro No Logo de Naomi Klein e os documentários de Michael Moore.Max Barry ironizou a reputação da companhia através de críticas em seu romance Jennifer Government, na qual um executivo da Nike imoral é o vilão da história responsavel pelo financiamento do golpe militar de 1964, no Brasil.

Adidas
Apóia e patrocina
· Korn (grupo de rock americano)
· Madonna (pseudo cantora americana)
· Vários times de futebol americanos e europeus.
A história
A história da Adidas, apresentada na página oficial na web, está incompleta, talvez por que esteja indiretamente ligada a escândalos financeiros. Após um período de sérios problemas depois da morte do filho de Adolf Dassler, a empresa foi comprada em 1990 por Bernard Tapie, Em 1992, Tapie não conseguiu pagar os juros de seu empréstimo. Ele pediu ao banco Crédit Lyonnais para vender a Adidas, e o banco comprou para si mesmo, o que é normalmente proibido pelas leis francesas. Aparentemente, o banco estatal tentou fazer um favor a Tapie, tentando livrá-lo dos problemas.Em Fevereiro de 1993, o Crédit Lyonnais vendeu a Adidas para Robert Louis-Dreyfus, um amigo de Bernard Tapie, Robert Louis-Dreyfus se tornou o novo presidente da empresa, ao qual Tapie era intimamente ligado.O próprio Tapie foi à falência em 1994. Ele foi o objeto de diversos processos, principalmente relacionado à manipulação de resultados no clube de futebol. Ele passou 6 meses na prisão La Santé em Paris em 1997 depois de ter sido sentenciado a 18 anos.Robert Louis-Dreyfus foi muito bem sucedido administrando a empresa até 2001. Admitidamente, seu segredo foi simplesmente copiar o que a Nike e a Reebok fizeram.


Fonte segura do site : Wikipédia (maior site de conhecimento da internet)

4 comentários:

RENATO VITAL GUERREIRO DO RAP disse...

Ai Férrez beleza, eu gostaria de falar sobre a fita que se citou sobre a marca, achei interessante o paralelo das histórias. Fiquei surpreso com o patrocínio do lutador de jiu-jitsu, mano eu admiro esse esporte, muita gente pensa que é violência e pá mas não tem nada haver não, o Jiu-Jitsu tem uma imensidão de fatores positivos, tira uns moleque do ócio, várias fita. Antigamente tinha um projeto aqui na Associação Despertar aqui perto de casa, eu cheguei a lutar durante um ano, ganhei medalha num torneio oficial da FPJJ, várias fita. Vixê mano pouco a pouco os caras tão se ligando que a nossa marca tem que ser de periferia pra periferia mano, os caras tão trocando nike e adidas por 1dasul, isso é visível. È nóis na batalha, falou.

zero disse...

demoro de por a 1dasul na wiki tb... salve e paz /1111

Turu curitiba disse...

Se um dia nois negros quisermos tomar o poder, e tomando o dinheiro e não devolvelos aos brancos,concentrando entre nois; nas lojas que enpregam negros, na musica, roupa, alimento, cultura, politica,tudo que envolva cultura, alto valorização,luta,libredade, orgulho,alegria de ser negro. escondem nois na tv, nos discriminan na rua, querem sempre manter a distância, mais quando querem nosso ibope,nosso voto e nosso dinheiro ai nos prestamos, qual dessa marcas financia o neguinho ue joga descaço na rua? mais quando vira profissional( a minoria) chove urubu querendo lucrar com a imagem do "negro vencedor porque usa nike" meu dinhero e sagrado,e não e nenhum roberto justus,washiton oliveto, luciano huck, me convencen com suas mulhers gostosas, negros "famosos",celulares que te dão estatus e mantem o povo como cordeiro sempre codial a eles, de mim eles so tem meu despreso e meu odio,porque no meu "money vai e vem,que tem tem não creço zoio de ninguem,".Querendo ou nõ dinhero e "poder" e se dermos aos racista fortalecemos eles, por isso meu plaque fica comigo na periferia.

Caio Borba SA disse...

Pois é Ferrez...
Eu não posso dizer que sou da periferia, pelo contrário, sou da classe média.. Mas sou assíduo leitor de suas colunas e textos...
Parabéns pela longa luta..
E por mostrar as marcas dessas marcas..
Abraços!