Blog do escritor Ferréz

Ferréz, Adélia Prado, Luiz Fernando Veríssimo lançam livro inédito.


O Melhor Lugar do Mundo é o tema do 6º Concurso de Redação Ler é Preciso do Instituto Ecofuturo.

Que através da série Leituras do Brasil" lança o livro "A vida que agente quer, dependo do que agente faz.

com textos de: Lygia Bojunga, Luiz Fernando Veríssimo, Ferréz, Manoel de Barros e ilustrações de jovens que tiveram aulas de arte-educação.

O livro já está impresso, e os 35.000 exemplares vão ser distribuidos para as escolas que participarem do concurso de redação Ler é Preciso.

Em março o Instituto Ecofuturo lança a sexta edição do Concurso de Redação Ler é Preciso e convida estudantes e professores de todo o Brasil a pensar, sonhar e escrever a partir das 8 Metas do Milênio, com uma expectativa de mobilizar 1 milhão de pessoas e ter um retorno de 50.000 redações
Disponibilizar conhecimentos que ajudem a colocar o planeta e seus habitantes no rumo da sustentabilidade e saber, direto da fonte, como estão e o que pensam crianças, jovens e adultos - estes são os objetivos do 6º Concurso de Redação Ler é Preciso, O Melhor Lugar do Mundo, realizado pelo Instituto Ecofuturo e divulgado para 175 mil escolas do País.
O tema selecionado para esta edição do concurso resulta da edição anterior, cujo tema foi o sonho: os jurados se depararam com redações de crianças que não sonhavam alto por medo, falta de expectativas, desconhecimento, e também pela carência de coisas a que, por lei e por direito, deveriam ter acesso.
O 6º Concurso de Redação Ler é Preciso tem como fonte de referência o livro A vida que a gente quer depende do que a gente faz, publicação inédita do Instituto Ecofuturo com artigos escritos por renomados estudiosos que apresentam propostas para a conquista das Oito Metas do Milênio (*), documentadas pela ONU em 2000 e assumidas por 191 países, que se comprometeram a cumpri-las até 2015. De autores como Ricardo Paes de Barros, Moacir Gadotti e Julita Lemgruber, acompanhados por textos de literatos como Manoel de Barros, Adélia Prado, Lygia Bojunga, Luis Fernando Verissimo e Ferréz, os textos apontam alguns caminhos para que as crianças vivam a infância com tranqüilidade e se alimentem dessa infância para crescerem saudáveis e assumirem seus papéis como cidadãos, garantindo os mesmos recursos às próximas gerações.
A vida que a gente quer depende do que a gente faz será enviado para todas as escolas que solicitarem o kit de inscrição, juntamente com o Caderno do Professor, com dicas e orientações para que o tema seja trabalhado de forma cooperativa em sala de aula.
QUEM PODE PARTICIPAR?
Desta edição do Concurso de Redação Ler é Preciso podem participar todos os estudantes do Ensino Fundamental e Médio, das Escolas de Jovens e Adultos (EJA), e também professores. Cinco categorias estão abertas a todo tipo de texto, com os seguintes "subtemas": Bom dia, mundo bom (da 1ª à 4ª série), Solto minhas palavras no mundo (da 5ª à 8ª série), O melhor lugar do mundo (Ensino Médio); A vida que a gente quer (EJA) e, finalmente, Instruções para chegar ao melhor lugar do mundo (professores).
Por meio de parcerias com instituições e organizações não-governamentais, nesta edição o Concurso de Redação Ler é Preciso amplia a possibilidade de participação de portadores de necessidades especiais (cegos e surdos), presidiários e jovens que moram em áreas de alto índice de violência e estão em unidades da Fundação de Bem-Estar do Menor (Febem).
Para esta edição, a expectativa é atingir 1 milhão de alunos e professores, ter a participação de cerca de 10 mil escolas e receber 50 mil redações de todos os cantos do País.
QUAL SERÁ A PREMIAÇÃO?
As 60 redações vencedoras serão selecionadas por um grupo de jurados bastante diversificado em idade, formação e atuação profissional. O júri, consciente de que não se trata de uma avaliação escolar, procura o "brilho" das redações, ou seja, a criatividade e a originalidade.
Os vencedores serão premiados com computadores e clássicos da literatura universal Suas redações serão publicadas em um livro coletivo, com as características de interatividade e diversidade que marcam o Somos e queremos, produto final do 5º Concurso de Redação Ler é Preciso, que encantou e "cooptou" leitores bem diversificados, de crianças a executivos, de jornalistas a políticos. Outro grande momento da fase de premiação do concurso é a realização da assembléia participativa com os vencedores, que decidem, por consenso o município que ganhará uma Biblioteca Comunitária Ler é Preciso em local a ser selecionado.
COMO SE INSCREVER?
As inscrições estão abertas a partir de março. As redações devem ser enviadas até 15 de junho de 2007. Mais informações, esclarecimento de dúvidas ou solicitação de kits para a participação no 6º Concurso de Redação Ler é Preciso: 0800 772 0099 (ligação gratuita).
ou para saber mais, www.omelhorlugardomundo.org.br

QUEM ESTÁ CONOSCO NESSE PROJETO?O 6º Concurso de Redação Ler é Preciso, realizado pelo Instituto Ecofuturo e incentivado pelo Ministério da Cultura, tem como patrocinadores o Grupo Suzano, White Martins, Itaú e Comgás. Os apoiadores são Eka Chemicals do Brasil, Companhia Siderúrgica Nacional, Tilibra, Sepetiba Tecon, Grupo Ligna, Lazam-MDS Gestão de Seguros e Casa do Pão de Queijo.

Não deixe de participar e divulgar na sua escola, muitas crianças tem acesso a leitura com concursos que nem esse, valeu.

Ferréz

Um comentário:

rodrigo ciríaco disse...

salve ferréz,
valeu pela dica. com certeza a minha escola vai participar, com vários alunos.