Blog do escritor Ferréz

Tenho acompanhado os textos de Ferréz diariamente em seu blog, e a cada um que leio sei que aumenta mas a responsabilidade de quem escreve, e aumenta a auto-estima de quem lê.
Se já não bastasse tudo isso, também é impossível degustar suas palavras, sem que a alma saia ferida ou incomodada.
Suas lâminas são mais afiadas do que parecem.
Não recomendo sua literatura aos desavisados, os cortes são profundos.
Ao lê-lo, sempre, lembro do fime "Edward mãos de tesoura, é isso.
O resto é perfumaria, o resto é miudeza de armarinho.
firme na luta e no respeito,
Sérgio Vaz

2 comentários:

Robson Canto disse...

Procura-se Ferréz!
E essa panela?

Pseudo disse...

O Poeta da Periferia falando de um grande escritor contemporâneo. Deixando pagação-de-pau de lado, isso me lembrou um tal de Carlos Drummond de Andrade mandando cartas para seu amigo Manuel Bandeira manifestando-lhe sua admiração...