Blog do escritor Ferréz

Lições práticas

Lições práticas

Socialismo: Você tem 2 vacas. O governo toma uma e dá para seu vizinho, que não tinha nenhuma.
Comunismo: Você tem 2 vacas. O governo toma as 2 e dá a você leite diariamente.
Fascismo: Você tem 2 vacas. O governo toma as 2 e vende a você o leite. Nazismo: Você tem 2 vacas. O governo mata você e toma as 2 vacas. Burocracia de Estado: Você tem 2 vacas. O governo toma as 2, mata uma e joga o leite da outra fora.
Democracia: Você tem 2 vacas, vende as 2 para o governo, muda de cidade e consegue um emprego público.
Anarquismo: Você tem 2 vacas, mata as duas e faz um churrasco. Capitalismo Selvagem: Você tem 2 vacas. Vende uma, compra um touro e o governo toma os bezerros como imposto de renda na fonte.
FHCismo: (PSDB) Você tem 2 vacas. O governo se apropria das duas, se endivida e as vende baratinho para os gringos, devolvendo a dívida para você. E você ainda paga um absurdo pelo leite que era seu. Aí vem a Rede Globo e diz que globalização é uma tendência mundial E VOCÊ ACABA VOTANDO NO ALCKMIN!

6 comentários:

Rodrigo disse...

Mais filosofia bovina...

CAPITALISMO IDEAL:

Você tem duas vacas.
Vende uma e compra um touro.
Eles se multiplicam, e a economia cresce.
Você vende o rebanho e aposenta-se, rico!

CAPITALISMO AMERICANO:
Você tem duas vacas.
Vende uma e força a outra a produzir leite de quatro vacas.
Fica surpreso quando ela morre.

CAPITALISMO FRANCÊS:
Você tem duas vacas.
Entra em greve porque quer três.

CAPITALISMO CANADENSE:
Você tem duas vacas.
Usa o modelo do capitalismo americano.
As vacas morrem.
Você acusa o protecionismo brasileiro e adota medidas protecionistas para ter as três vacas do capitalismo francês.

CAPITALISMO JAPONÊS:
Você tem duas vacas.
Redesenha-as para que tenham um décimo do tamanho de uma vaca normal e produzam 20 vezes mais leite. Depois cria desenhinhos de vacas chamados Vaquimon e os vende para o
mundo inteiro.

CAPITALISMO ITALIANO:
Você tem duas vacas.
Uma delas é sua mãe, a outra é sua sogra, maledetto!!!

CAPITALISMO BRITÂNICO:
Você tem duas vacas.
As duas são loucas.

CAPITALISMO HOLANDÊS:
Você tem duas vacas.
Elas vivem juntas, não gostam de touros e tudo bem.

CAPITALISMO ALEMÃO:
Você tem duas vacas.
Elas produzem leite regularmente, segundo padrões de quantidade e horário previamente estabelecido, de forma precisa e lucrativa..
Mas o que você queria mesmo era criar porcos.

CAPITALISMO RUSSO:
Você tem duas vacas.
Conta-as e vê que tem cinco.
Conta de novo e vê que tem 42.
Conta de novo e vê que tem 12 vacas.
Você pára de contar e abre outra garrafa de vodca.

CAPITALISMO SUÍÇO:
Você tem 500 vacas, mas nenhuma é sua.
Você cobra para guardar a vaca dos outros.

CAPITALISMO ESPANHOL:
Você tem muito orgulho de ter duas vacas.

CAPITALISMO PORTUGUÊS:
Você tem duas vacas.
E reclama porque seu rebanho não cresce...

CAPITALISMO CHINÊS:
Você tem duas vacas e 300 pessoas tirando leite delas.
Você se gaba de ter pleno emprego e alta produtividade.
E prende o ativista que divulgou os números.


CAPITALISMO HINDU:
Você tem duas vacas.
Ai de quem tocar nelas.

CAPITALISMO ARGENTINO:
Você tem duas vacas.
Você se esforça para ensinar as vacas mugirem em inglês..
As vacas morrem.
Você entrega a carne delas para o churrasco de fim de ano ao FMI.

CAPITALISMO BRASILEIRO:
Você tem duas vacas.
Uma delas é pirata.
O governo cria a CCPV - Contribuição Compulsória pela posse de Vaca.
Um fiscal vem e te autua, porque embora você tenha recolhido corretamente a CCPV, o valor era pelo número de vacas presumidas e não pelo de vacas reais.
A Receita Federal, por meio de dados também presumidos do seu consumo de leite, queijo, sapatos de couro, botões, presume que você tenha 200 vacas e para se livrar da encrenca, você dá a vaca restante para o fiscal deixar por isso mesmo...

jose carlos lima disse...

Interessante se notar como funciona a trama midiático-eleitoreira para derrubar Lula. Assim como ocorreu com o "Caçador de Marajás", um slogan criado pela elite para eleger Collor, para estas eleições, há mais de um ano criaram o slogan da ética. A Dona Ética como cabo eleitoral. Isto dá vômito. Engraçado se notar o reacionário Ferreira Gullar defendendo o monopólio sobre a Dona Ética ao defender seu tosco ponto de vista segundo o qual somente ACM, Jorge Apagão e outros famosos ladrões públicos podem empunha a bandeira política da Dona Ética. Um momento. Vou vomitar.

Vanycentrismo disse...

Pois é. A lógica bovina, muito bem completada pelo Rodrigo é essa...
Mas ela continua... continua quando a tv Globo e afiliadas, a Veja e demais revistas afins, Folha de S. Paulo e Estadão manipulam a opinião pública a fim de conduzir o país para um segundo golpe de estado, como pode-se verificar nessa matéria do Paulo henrique Amorin
http://conversa-afiada.ig.com.br/materias/394501-
395000/394778/394778_1.html

A lógica bovina determina que a parte da população que possui duas vacas trate a outra e maior parte como gado, como manada. E eles, donos das vacas são mensageiros da ordem e detentores da sabedoria e ética inconstestáveis. Aos menos afortunados nada resta senão segui-los incontestavelmente, para a direita ou esquerda, como eles assim determinarem.

Ração para o gado!

Mika disse...

Sensacional!!!
E aí irmão?
Tá devendo jantar pra mim e pro Serginho!!!

Mika disse...

SENSACIONAL!!!
E aí irmão?
Tá devendo almpoço na sua casa pra
mim e pro Serginho.
Saudades
Mika

Jose Luiz Pedro disse...

Pelas lições aqui aprendidas, vamos abrir uma empresa que vende ração trangenica para engordar vacas, assim as vaquinhas vão dar leite como nunca, mas se seu filho nascer sem um braço, o problema é seu. Capitalistmo Mundial