Blog do escritor Ferréz

A toda Prova.

Salve, manos e manas.
é muito corre né? mas tamus ai, bom as novidades ficam por conta da revista Carta Capital que publicou duas páginas sobre os meus trampos, falou do novo livro e do gibi, e também do dvd.
é legal quando o jornalista sabe do que está falando, e o Pedro Alexandre Sanches tá sempre rondando o rap e a literatura marginal, então acaba sabendo dos principios que nos guiam, valeu pelo respetio ele é mutuo.
Já em outros corres, saiu nos states na Universidade de Oxford um trampo chamado Centre for Brazilian Studies, elá tem vários trabalhos meus, o nome do trabalha é a Dialética do Marginal, notas preliminares do Brasil cultural Contemporâneo.
vou tentar traduzir alguns trechos e deixar aqui, mas num prometo, que meu inglês, tá que nem o bush um lixo.
Bom, já da França vem outra novidade, um cara, o Guilherme Herbert que mora no Québec, me encontrou em Osasco e disse que tinha um trampo no pais dele sobre mim, eu fiquei curioso e ele teve a responsa de trazer aqui, pru cê vê né? o Livro chama Exclusion et politique à São Paulo, tem como subtitulo Les outsiders de lá démocratie au Brésil, desculpe não traduzir o título mas não arrisco fazer errado.
Então o nome do autor é Olivier Dabéne e tem mais de dez páginas falando dos meus trabalhos, bem legal, fala até da 1dasul e tem fotos das camisas e tal.
bom, pena que os próprios autores que publicam sobre a gente nunca manda o trabalho, mas fazer o que né?
Na loja hoje passei uma situação muito louca, entrou um menino de uns nove anos, junto com o pai e disse: - Vocês tem aqueles medalhão americano?
eu falei que não, que agente só trabalhava com coisas do Capão, e do rap brasileiro, ele olhou meio desconfiado e pediu para ver, eu mostrei um medalhão da 1dasul e expliquei o que significava, ele colocou no pescoço e fez o pai pagar, saiu todo contente e nós ganhamos mais um, que o 50 cents se foda.
viva Dexter, Facção, Consciência Humana, Racionais, Filosofia, Detentos e tantos outros.
bom, dia 31 espero todo mundo lá na cultura, para celebrar meu novo filho, Ninguém é inocente em São Paulo.
Abraços a todos é isso ai rapaz, firme e forte.
Ferréz

5 comentários:

Flávia disse...

Ferrez, minha dissertaçao de mestrado é sobre a literatura marginal, principalmente os autores que estão ligados a Cooperifa. Escrevi um artigo que falo da literatura marginal, Estado, ONGs e sociedade. Se você quiser posso te mandar. Ficaria muito feliz com a sua leitura.
Um abraço, Flávia.

Flávia disse...

Ferrez, minha dissertaçao de mestrado é sobre a literatura marginal, principalmente os autores que estão ligados a Cooperifa. Escrevi um artigo que falo da literatura marginal, Estado, ONGs e sociedade. Se você quiser posso te mandar. Ficaria muito feliz com a sua leitura.
Um abraço, Flávia.

nóis! disse...

Fala Ferrez, blz!? Muito bom seu Blog... Pretendo acompanhar mais de perto seu trampo! Qto ao título q vc não quis traduzir, "outsiders" significa grosso modo, "excluídos". Aprendemos esse conceito nas aulas sobre Norbert Elias no curso de Sociologia. Ele tem um livro chamado "Os Estabelecidos e os Outsiders". Les outsiders de lá démocratie au Brésil, Os excluídos da democracia no Brasil... Não conheço, mas o título tem bastante a ver, nénão!? Parabéns pelo sucesso!

Alain Bisgodofu.(filódios de neón) disse...

e aí ferrez estou lendo os teus escritos
sempre tb tenho um blog bisgodofu.blogspot.com
gostaria de trocar umas impressões contigo

a braço

Ricardo disse...

Ferrez, adoro seus escritos...tb escrevo, mas sou dramaturgo. Eu preciso falar urgente contigo, me passa seu email
Meu contato:
ricardospeaker@hotmail.com