Blog do escritor Ferréz

O principio (texto Inédito)

O principio.

Antes de periferia, centro, revolver, rap e o homem, existia a dúvida.

Meus olhos não se fecham mais, e a terra parece apenas uma bola azul.
E de tamanha distância, você pode pensar que é alguém e que vale alguma coisa, com seus probleminhas e dificuldades para conquistar o que tanto sonha.
Embora tenha aparecido pela primeira vez a quatro bilhões de anos, no mar.
Uma única célula, hoje prepotentes somos nós.
Uma explosão de vida de organismos começou a se multiplicar, vista tanto por uma coisa negativa como positiva.
Negativismo e positivismo.
E depois isso teve fim.
A 440 milhões de anos, a extinção devastou quase todas as espécies no planeta,e você pode se lixar para isso se quiser. Mas a questão é que devagar tudo começou a se reerguer, as plantas a nascer e desenvolver, depois os insetos, tudo para ser novamente destruído numa segunda extinção, e embora se sentisse o clima, em nenhum instante a nova vida temeu em ficar de pé.
Em nenhum istante ela temeu, não como tememos hoje.
E isso aconteceu de novo e de novo.
Os répteis saiam do oceano apenas para morrerem, mas nem por isso não voltavam a sair do oceano, incansavelmente.
Procurando viver, como procuramos viver hoje.
Então os dinossauros andavam pela terra e faziam companhia aos primeiros pássaros, peixes e plantas, nem sempre em harmonia, mas co existiam.
Pena que todos morreram na quarta e quinta grande extinção.
Cem mil anos depois apareceu o homem.
O homem evoluiu, evoluiu tanto que não conseguia entender o mundo, então o homem inventou algo para curar a dor e acalmar a dúvida, e isso se chamou fé, depois com muita fé, o homem escreveu a bíblia, se inspirado por Deus ou não, isso aqui não está em pauta.
O homem tem sido uma força incansável sobre a terra e além, vai entendendo o mundo a medida que ele se revela para ele, e também vai destruindo na mesma proporção, pois tudo que entra em seu corpo e mente também sai.
Hoje somos mais de cinco bilhões de pessoas, todos descendentes daquela célula única original, aquela primeira centelha de vida, aquela partícula que começou tudo isso.
E isso se tornou o quebra cabeça.
Montar dói a cabeça, por isso que a palavra quebra vem antes, mas é necessário fazer isso.
A sexta extinção está vindo é impossível deixar de voltar ao principio.
Aos olhos nu, parece apenas uma bola azul.
Mas a divisão por raças, continentes, nações, credos, bandeiras, ideologias, bebidas, coleções, vaidades, posturas, ritmos, roupas, cores, deveres, não nos deixa ver além.
Sociedades secretas surgem uma após a outra, uma exterminando a outra.
O homem criou o estado, e o estado se reinventou, quando decidiu governar como as empresas.
E hoje o mundo é dirigido como uma grande empresa.
Resta saber que tipo de funcionários somos nós?

Ferréz (inspirado por Dana)

3 comentários:

Vitor Taveira disse...

uh! mais um excelelnte texto!
descobri seu blog numa materia do site fazendo media
parabens! me amarro nos seus textos
tb tenho um blog: www.gritosufocado.blogspot.com
falou!

juliana MT disse...

Como sempre um excelente texto!Descobri seus textos qdo comecei a ler "Caros Amigos" e gostei muito do que li.Parabéns e obrigado por vc retratar com fidelidade a realidade da nossa sociedade!

Edmilson disse...

e aí ferréz, tudo tranquilo? já havia mandado um comentário pra vc e lendo mais seu blog, estou de voltar pra agradecer essas palvras:Sociedades secretas surgem uma após a outra, uma exterminando a outra.
O homem criou o estado, e o estado se reinventou, quando decidiu governar como as empresas.
E hoje o mundo é dirigido como uma grande empresa." eu e alguns amigos temos um blog também.http://www.menindigus.blogspot.com/

tenho um amigo que apresentou-me o
significado das primeiras palavras,
à cima, por você citada e twemtudo haver. um abraço, amigo.
"edcidadaodomundo@hotmail.com