Blog do escritor Ferréz

Capa do Manual e Capão na Europa.

Livros Lançados na Europa.


Livro Capão Pecado, traduzido para Português de Portugal, editado pela editora Palavra.
Tiragem de 2.000 exemplares.
disponivel diretamente na editora ou nas grandes livrarias.
(somente em Portugal).
opinião do autor:
Gostei muito dessa versão, vem com as fotos maiores, com uma fita de proteção e ainda um marca página de brinde, ótima qualidade do papel e acabamento.


Livro Manual Prático do Ódio traduzido para Espanhol.
Lançado pela El Aleph selo do mega grupo espanhol: Grupo 62.
Tiragem de 4.000 exemplares.
Disponivel nas grandes livrarias, em Barcelona e Madrid.
opinião do Autor:
O tradutor Mario Merlino, que trabalhou nesse volume é muito conceituado e fez traduções como o Cidade de Deus.
O livro é bem mais leve que a edição brasileira, só que mais robusto.
todos os trabalhos licenciados pelo autor representado por Dr.Ray-Gude Mertin Literarische Agentur. (bad homburg) Alemanha.

8 comentários:

Mika disse...

Boa Ferréz!!
Agora blogando com imagens.
Beijo
Mika Lins
do Serginho

Anônimo disse...

Você é foda na lietratura mano isso todo mundo já sabe , e daqui uns dias o mundo quem sabe... só que precisa ficar mais na humildade tamo notando que vc tá meio estrelinha , será qua tu tá virando um MARCELO D2 DE SAMPA? cuidado a mídia engole e destrói até oa mais espertos.

umdasul disse...

Ha, ha, ha estrelinha Ferréz carai!
Que nada Ferréz abriu espaço chuta pru gol memo! Demorô pra esses cara ver a verdadeira cara da perifa! Literatura Marginal representando as quebradas!

Ferréz disse...

Salve, tio faz favor pra mim, quando postar pelo menos põe seu nome, esse negócio de anonymus tá dando no saco, mostra cara mister M, aqui agente tem direito a opinião e tudo, mas vamos nos identificar.
agradeço desde já.
e Marcelo D2 de Sampa pegou pesado né, eu não fumo maconha não.
e só estou mostrando meu trabalho, pra mim é uma honra ver a literatura nesse patamar.
fz.

Lilian disse...

Ferréz, acho fantástico você estar sendo traduzido. Descobri seu blog faz umas 2 semanas quando eu coloquei seu nome no Google e estou achando ótimo poder acompanhar seu trabalho desta forma (gostei demais de poder ver sua entrevista na Espanha, por exemplo, pois nunca tinha lhe visto antes). Eu estou escrevendo uma tese de doutorado aqui nos Estados Unidos sobre os escritores brasileiros traduzidos para o inglês – é capaz que logo logo você seja um deles, minha torcida para que isso aconteça é grande! Eu estudo e moro aqui há 10 anos, e então demorou um pouco para eu entrar em contato com seus livros e o fiz principalmente porque estou escrevendo um capítulo sobre a Carolina Maria de Jesus, que é definitivamente a “pioneira” maior da “literatura marginal” como a sua e de Paulo Lins (ela já foi comparada a este último em pelo menos uma tese de mestrado de 2003, onde você é mencionado 2 vezes também: Vozes da Favela – representações da favela em Carolina de Jesus, Paulo Lins e Luiz Paulo Corrêa e Castro).

Desculpe aí o comentário tão comprido, eu podia mandar um email, mas não me incomodo em “falar” isso em público :-) pois também tenho um blog (em inglês). Estou ansiosa para ler seus livros, encomendei 3 deles e meu marido que está aí no Brasil por estes dias vai trazer na 3ª feira que vem.

Sabe que eu passei parte da minha vida vivendo praticamente no Capão Redondo (de 1985-1996), pois meus pais trabalhavam, e eu estudava, e depois mais tarde também trabalhava, no antigo Instituto Adventista de Ensino (agora UNASP). Claro que não experimentei muito o lado do Capão sobre o qual você escreve, mas tive pelo menos um amigo que acabou preso (Binho), e um filho do primo do meu sogro que foi morto há 2 anos... Bom, vou parando por aqui. Escrevo um pouco na minha tese também sobre o papel dos agentes literários e vejo que você tem uma agente bem “forte,” uma das principais dos autores brasileiros traduzidos para outras línguas. Mostrando que você “entende do riscado.” Bom, estarei de volta (aqui nos comentários)...

Anônimo disse...

ae ferréz estudo num cursinho popular aqui em Itabuna-Ba e seus textos estão sempre presente em nosso estudo!
abração!
www.flogão.com.br/tribox

Anônimo disse...

E ai Ferrez,firme....
Descobri o blog a pouco tempo,até pq nem mexo muito com internet,mais ai,legal pa karai o livro ser lançado em outro pais,é o capão ganhando o mundo né não(só acho q as outras capas representavam mais).
E agora é só esperar o filme,lembro q vc me disse a miliano q ia rolar,bom saber q o projeto tá caminhando.
Boa sorte na caminhada...
Um salve!!!!
ASS:SEM JANTA (lembra?)

ELSON TEIXEIRA CARDOSO disse...

E aí, Ferréz? Teus livros são o máximo. Teu blog também. Escuta, irmão, te convido pra visitar meu blog (www.elsonteixeiracardoso.blogspot.com). Tô numa parada de minicontos, tb, e tô convidando escritores de peso pra enviar um miniconto sobre a hipocrisia. Vê lá se gosta.

Muito sucesso.

Abraço,

Elson