Blog do escritor Ferréz

Ciam e Biblioteca Ferréz

Salve, bom, esses dias foi de muita correria (parece novidade) mas estamos indo adiante cada vez mais.
dia 15 fizemos o Ciam, a pedido da Fabiana que trabalha lá, foi uma experiência muito boa tanto para mim quanto para o Mauricio (tref) e para o Alê (Negredo).
o Centro Israelita de Amparo ao Menor é um lugar que todos deviam passar lá pelo menos uma vez na vida para aprender com as crianças especiais, o que é alegria e vontade de viver.
Vamos lá rapaziada do Hip-Hop tá deixando o trabalho beneficente morrer?
fizemos um pocket show e agitamos a rapaziada, o publico era melhor do que de festivais de rap, e respondiam em coro todos os refrões.
agradeço a oportunidade de fazer esse trabalho, a todos os profissionais que abriram as portas para agente. nada como um trabalho que purifica a alma e dá sentido ao que agente vem buscando.
bom, no dia 16 foi a ida no Centro de cidadania da Criança e do Adelescente Graciela Flores Piteri.
lá em Osasco foi inaugurada a Biblioteca Ferréz, isso mesmo e ainda estou vivo, mas é por isso mesmo, chega de por nome de defunto em biblioteca rapaz.
quem teve a idéia foi uma mulher chamada Rose, que é uma pessoa maravilhosa e acolheu agente lá muito bem, o lugar é super decorado com grafitis do F hero, Bob e Dinho.
pra quem quizer dá uma passada na Biblioteca que tem meu nome, o endereço é: Rua Ciro dos Anjos, 80 Vila Osasco. Osasco. vocês vão ver uma linda decoração, feita com coisas encontrada nas ruas.
fones: 3698-5601
o legal é que a própria Rose disse que o nome tá dando sorte e conseguindo várias doações.
eu agradeço pois essa é a realização de um escritor. é meu grande prêmio.
até a próxima.
pela arte.
Ferréz

5 comentários:

Cultive a dúvida disse...

Parabéns, cara1 Você merece. e chega mesmo de pôr nome de defunto em biblioteca! E chega de pôr nome de escritores que só fazem escrever draminhas burgueses e adolescentes...salve da Z.L.
abraços

Hipnos disse...

Que bom, espero que mais e mais as pessoas se mirem no seu exemplo, e ajudem os que mais precisam.

Marília f.b. disse...

Ferréz,
Parabéns pelo seus projetos e seu estilo literário.
Admiro seu discurso e digo, com toda certeza, que ele é de uma força e de um profundiade difícil de se alcançar.
Sua lucidez frente aos problemas do nosso meio é revolucionária, quase rara, e me faz feliz por saber que existe gente maior.
um abraço.

umdasul disse...

E ai tio! Já embarcou pra "zoropa"?
Biblioteca Ferréz que nome orinal isso que é revolução...

Glauber Vieira disse...

Olá Ferrez! Meu nome é Glauber, sou psicólogo mas hoje trabalho como agente penitenciário na Penitenciária da Papuda (Brasília). Sou escritor nas horas vagas e gostaria de mandar um livro pra biblioteca Ferrez, em Osasco. Vc poderia me dizer qual é o CEP da rua? Tb gostaria, se for possível, que vc me recomendasse outras bibliotecas comunitárias, para que eu possa doar alguns livros.
Um abraço!